Skip to content

E-mail marketing: 5 melhores práticas que você pode corrigir ainda hoje

E-mail marketing 5 melhores práticas corrigir melhorar hoje

A cada dia o marketing digital precisa se adaptar às tendências e novos hábitos da sociedade. O marketing por e-mail é o recurso que mais vende, e por isso mesmo é o mais visado por aproveitadores que geram tanto lixo eletrônico (SPAM). Aqui seguem as 5 dicas das melhores práticas de e-mail marketing que você pode corrigir ainda hoje e melhorar seus resultados.

O E-mail Marketing é relevante

É incrível ver a evolução do e-mail marketing – como as marcas e negócios o utilizam para se comunicar, como os designs mudaram ao longo dos anos e como as estratégias de permanecer relevantes avançaram.

Embora os boletins informativos por e-mail (newsletters) estejam disponíveis há anos, eles ainda são valiosos para os editores de assinaturas. Eles costumam ser o maior canal de receita de um editor.

Se você quiser que seus e-mails sejam entregues, abertos e com atenção, tente usar estas cinco práticas recomendadas para boletins informativos, newsletters e ações de marketing por e-mail:

E-mail Marketing: 5 dicas práticas para melhorar ainda hoje

Prática recomendada #1: Obter permissão para enviar e-mails

O primeiro passo para o desenvolvimento de um ótimo programa de e-mail marketing é convidar seus clientes e visitantes a colocar o seu endereço de e-email na lista de permissões deles. Isso é bem fácil de realizar, basta adicionar seu endereço no catálogo de endereços. Desta forma você já aparece na “lista branca” do programa de emails deles (Gmail, Outlook, etc.). Isso significa que ele ja estrará esperando um contato seu e os seus e-mail não irão para a caixa de SPAM.

É claro que você não usa o termo “lista branca” nos e-mails para seus consumidores, mas pede que eles adicionem seus endereços de e-mail (e confirmem esse interesse) ao seu catálogo de endereços (lista de assinantes), para que eles não percam um único e-mail seu. Muito frequentemente este passo é ignorado, por qualquer razão, mas melhorará muito a sua taxa de entrega do e-mails. Colocando seu público numa “lista de permissões”, você ajudará seus números de entrega de e-mail a melhorarem.

Prática recomendada #2: Enviar de forma consistente

Comece a enviar seus e-mails ao mesmo horário nos mesmos dias. Isso ajudará seu público a se familiarizar com sua programação de e-mail. Ele também ajuda os filtros de e-mail a se familiarizar com sua programação de e-mail, essa consistência é boa.

Prática recomendada #3: Melhorar suas linhas de assunto

Escreva assuntos de e-mail que sejam atraentes e orientadas a benefícios. Elas também têm que ser limitadas em tamanho ou serão truncadas pelo provedor de serviços de e-mail (ESP). Cada ESP é diferente; alguns truncarão após 60 caracteres, outros farão em comprimentos menores. Com o aumento da popularidade de e-mails sendo abertos em dispositivos móveis, a brevidade da linha de assunto se torna ainda mais importante.

Prática recomendada #4: Tornar seus e-mails mais fáceis de ler

Os e-mails devem ser responsivos, fáceis de ler e navegar. Modelos de e-mail de texto simples não são tão visualmente estimulantes como eram antes. Mesmo com a possibilidade de ter imagens bloqueadas no email, fornecer imagens chama a atenção dos membros de sua audiência.

Prática recomendada #5: Aperfeiçoar seu rodapé

Além de cumprir as leis CAN SPAM, ter um rodapé entra em ressonância com o destinatário do email, pois isso permite que ele se comunique com a sua marca / gerencie sua assinatura / saia da sua lista, se assim desejar. Dar essas opções torna seu boletim de e-mail mais confiável.

Por: Amanda MacArthur – mequoda.com
(tradução livre do artigo original)

Que tal melhorar seus e-mail agora mesmo? Depois nos conte nos comentários abaixo quais os resultados positivos e negativos você percebeu depois dessas mudanças! Sucesso aí!

4 comentários

  1. Fabio em 14 de agosto de 2018 às 13:34

    Ótimo texto. Parabéns!

    • Dionizio Bach em 28 de setembro de 2018 às 23:01

      Valeu Fábio! São dicas realmente bem interessantes e práticas.
      Fico muito feliz se puderem te ajudar 🙂

  2. Sérgio Chiesa em 23 de outubro de 2018 às 18:40

    Dionizio eu naão tenho facebook , como entro no messenger então?

    • Dionizio Bach em 8 de novembro de 2018 às 00:19

      Coloquei uma opção de chat via WhatsApp, espero que facilite 😉

Deixe um Comentário





Scroll To Top