Novidades lançadas pelo Youtube desenvolvem novas formas de assistir vídeos!

O YouTube tem muitos espectadores, e agora o serviço de vídeo do Google está oferecendo aos telespectadores novos pontos de vista para os vídeos. Já falamos aqui no blog sobre a importância do vídeo para o Marketing Digital, confira mais sobre esse formato de conteúdo!

Na quinta-feira, Susan Wojcicki disse durante a VidCon (também conhecida como Comic-Con para o setor de video digital) que todos os meses 1,5 bilhões de pessoas fazem login no YouTube para assistir a vídeos. Para ser claro, esse é apenas o número de pessoas que fazem login nas suas contas, e não abrange todos os que assistem a um vídeo em um determinado mês, embora o YouTube seja mais capaz de segmentar anúncios para os espectadores conectados. Wojcicki também revelou algumas atualizações de produtos para dar aos telespectadores novas formas de assistir a vídeos. As pessoas que usam o aplicativo móvel do YouTube poderão agora redimensionar os vídeos de forma responsiva, observando-os, criando um vídeo quadrado em uma horizontal ou esticando um vídeo horizontal em uma tela vertical de tela cheia.

 

Isso tornará mais fácil para os criadores levarem seus vídeos verticais do Snapchat e InstaStories e horizontais do Facebook para publicá-los no YouTube sem que os visitantes do site sintam que estão perdendo nada. Isso também significa que as pessoas que se acostumaram a assistir vídeos verticalmente no Snapchat e Instagram Stories não serão forçadas a mudar seus telefones de lado para assistir os vídeos tipicamente horizontais do YouTube, cortando questões de lado.

Novas formas de compartilhar vídeos

O YouTube também está dando às pessoas nos Estados Unidos uma maneira de compartilhar vídeos do aplicativo móvel com seus amigos além de copiá-los e colá-los. O novo recurso de compartilhamento nativo do YouTube é muito parecido com o Instagram: uma pessoa pode tocar para compartilhar um vídeo com um amigo ou grupo de amigos em uma mensagem privada no aplicativo móv…

Clique aqui para ver a publicação completa

Deixe uma resposta